Gordura trans – por que é um vilão?

Por Aline Soares.

A gordura trans, comum em nossos pratos, é conhecida tecnicamente como ácido graxo trans industrialmente produzido. Amplamente utilizada pela indústria, é formada a partir de uma reação paralela ao processo de hidrogenação de óleos vegetais líquidos. Ou seja, por meio do processo de formação de gordura hidrogenada, outras reações ocorrem e formam os chamados isômeros trans, que são nomeados de gordura trans.

Graças a suas características, ela pode ser utilizada na produção de alimentos industrializados. O problema: evidências científicas comprovam que a gordura trans é muito prejudicial à saúde. Você sabe onde a gordura trans está presente e o que faz com a sua saúde? Vamos elucidar suas principais dúvidas sobre ela abaixo!

Onde encontramos Gordura trans? 

Foto por Dayvison de Oliveira Silva em Pexels.com

É possível encontrar gordura trans no leite e na carne, em pequenas quantidades. Também pode ser encontrada em alimentos industrializados como margarinas, biscoitos, bolos, sorvetes, chocolates diet, salgadinhos, frituras, molhos prontos, massas folhadas, maionese, pipoca de micro-ondas, sopas enlatadas, cremes vegetais e pães.

A utilidade dela para a indústria se deve ao sabor e conservação dos alimentos. Alimentos ricos em gordura trans podem passar mais tempo nas prateleiras dos supermercados sem estragar. Além disso, a gordura trans tem aplicação em confeitarias, já que é mais barato do que manteiga.

Mas afinal, porque é um vilão? 

Em um informe divulgado em 2019, a OMS (Organização Mundial da Saúde) alertou que 5 milhões de pessoas em todo o mundo convivem com os riscos de desenvolver doenças associadas ao uso das gorduras trans. Segundo a entidade, o ingrediente causa cerca de 500 mil mortes a cada ano. Mas porque isso acontece? 

O consumo de gordura trans traz sérios transtornos à saúde e afeta a qualidade de vida das pessoas. Isso porque sua ingestão pode levar, entre outras complicações, ao infarto, que, segundo o Ministério da Saúde, é responsável por 27% das mortes no Brasil por causar o aumento do colesterol “ruim”, chamado LDL, e a diminuição do colesterol “bom”, o HDL, possibilitando o entupimento de veias. 

Além disso, quando está presente nos alimentos, essa substância é absorvida pelo organismo, interferindo no seu metabolismo normal. Isso está diretamente relacionado com diversos tipos de doenças, como as cardiovasculares, obesidade, diabetes e Alzheimer

A proibição da Gordura trans 

Em 2004, a Dinamarca foi o primeiro país a restringir o uso de Gordura trans. No período entre 2003-2012, as mortes causadas por doenças do coração caíram de 359,9 para 210,9 por 100 mil habitantes. 

Em Nova Iorque houve o banimento da Gordura trans dos restaurantes em 2006. E uma estimativa de 2013 aponta que 1540 mortes foram evitadas ao ano desde o banimento.

Já no Brasil, em 2010, foi criada a regulamentação da publicidade para esses tipos de alimento, além da obrigatoriedade de rótulos descritivos acerca da quantidade de gordura trans existente. 

Como evitar? 

Para evitar, antes de comprar um alimento verifique as informações nutricionais na tabela presente no rótulo. Atualmente, a OMS recomenda que o consumo diário de gordura trans não ultrapasse 1% do valor energético total de uma dieta — o que representaria algo como 2g por dia em uma dieta de 2.000 calorias, ou uma colher de sopa de margarina.

Conhecendo agora um pouco mais sobre os malefícios da Gordura trans, você já sabe a importância de evitá-la e de conferir os rótulos nutricionais dos alimentos!

Nesse sentido, a Farmácia Jr possui diversos serviços voltados para a área de alimentos, incluindo rotulagens e tabelas nutricionais. Se você se interessa por esse tipo de conteúdo e quer saber mais ou atua no mercado de alimentos, não deixe de conferir nosso site e entrar em contato conosco!

Referências

https://saude.abril.com.br/blog/alimente-se-com-ciencia/a-gordura-trans-e-a-sua-saude/

https://idec.org.br/gordura-trans

https://www.ecycle.com.br/2019-gordura-trans


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s